2,376 km
Ciclovia: Ciclovias da Via da Portela.

Ciclovia Sacavém - Portela - Moscavide.

Início/Fim: A Ciclovia começa em Sacavém, na Ciclovia da Rua Estado da Índia, no sentido Norte da rua, junto à Rotunda da Quinta do Carmo.

GPS: 38° 47' 25.72" N,  9° 6' 34.56" W

Fim/Início: Termina em Moscavide, no topo Norte da Praça José Queirós, junto ao acesso à rotunda, da Rua 1º de Maio.

GPS: 38° 46' 29.65" N,  9° 6' 18.99" W

Extensão: 2.376 metros.
Caracterização do Percurso: Pela primeira vez, o Concelho de Loures tem um Percurso ciclável, com princípio, meio e fim, que percorre três das antigas Freguesias - Sacavém, Portela e Moscavide. Um Percurso que une equipamentos e pontos-chave destas três localidades, como a Biblioteca Municipal Ary dos Santos, as Piscinas Municipais, o Centro Comercial, o Jardim Almeida Garrett e, ainda, cria um interface com os transportes públicos que permitem o transporte de Bicicletas, como é o caso da Carris, da Rodoviária de Lisboa e do Metropolitano.

Desde a Rua Estado da Índia, junto à Rotunda da Quinta do Carmo, em Sacavém, até ao Metropolitano de Lisboa, na Estação de Moscavide, passando pela Portela, pelo Jardim Almeida Garrett e pela Mata do Cristo Rei.

Pontos de Interesse: Esta é uma longa Ciclovia que atravessa três Freguesias e muitos locais de interesse.

Começa pouco depois da Biblioteca Municipal Ary dos Santos, que tem um acesso privilegiado através da Ciclovia da Rua Estado da Índia.

Depois, atravessa muitas zonas residenciais; passa por diversos estabelecimentos de ensino, comerciais, de desporto e lazer; pelas Piscinas Municipais da Portela; pelo Centro Comercial; pelo Jardim Almeida Garrett; próximo da Igreja do Cristo Rei; atravessa a Mata do Cristo Rei, entre o Seminário e o Pombal de Moscavide; para terminar na Praça José Queirós, um pouco antes da Estação de Moscavide, do Metropolitano de Lisboa.

Ao longo da Ciclovia vai, ainda, encontrar vários Suportes de Estacionamento para Bicicletas, sendo que em Moscavide, junto à Estação do Metropolitano, está colocado um Parque de Estacionamento coberto que permite às pessoas deixarem a sua Bicicleta, fechada e em segurança, e depois tomarem o Metro ou outro transporte público.

Envolvência: Trata-se de um conjunto de Percursos cicláveis que percorrem as zonas residenciais de três antigas Freguesias, uma delas Cidade, através de diversas artérias rodoviárias, intercaladas pelo atravessamento do Jardim Almeida Garrett e da Mata do Cristo Rei.
Utilização: Maioritariamente, estamos perante um conjunto de Ciclovias, umas unidireccionais - nos dois sentidos das vias, outras bidireccionais; de uso exclusivo de Ciclovia.

Complementarmente, estas Ciclovias estão interligadas, quer por Ciclofaixas, nos dois sentidos da Avenida Capitão Salgueiro Maia; quer por duas Ciclovias partilhadas com os peões, como é o caso do atravessamento do Jardim Almeida Garrett e da Mata do Cristo Rei; quer, ainda, por um pequeno percurso pedonal, já no fim do trajecto.

Piso e sinalização: O pavimento utilizado é muito diverso. Alguns Percursos desenvolvem-se no asfalto das artérias rodoviárias, outros são paralelos aos passeios pedonais, em betuminoso de cor vermelho escuro. No atravessamento do Jardim Almeida Garrett e da Mata do Cristo Rei, recorreu-se, naturalmente, ao saibro compactado.

Está devidamente sinalizada com sinalética vertical de Ciclovia e, horizontal com a tradicional bicicleta deitada, pintada a branco no pavimento. As Ciclofaixas também estão pintadas a branco no asfalto, com o sinal da bicicleta intercalada por setas direccionais.

Esta Ciclovia da Via da Portela, a par do que acontece noutras cidades deste país, possui já, na Rua Mouzinho de Albuquerque, duas “Bike Box”, ou ZAB - Zona Avançada para Bicicletas, que conferem mais segurança rodoviária aos ciclistas.

Declive: Embora sem declives acentuados, começa por subir ligeiramente até à Rua Mouzinho de Albuquerque. Depois de uns metros planos, passa a descer, desde o Jardim Almeida Garrett até à Mata do Cristo Rei. Continua em plano através das Ciclofaixas, para descer novamente até à Praça José Queirós.

Grau de Dificuldade: Média.

Entidade responsável: Câmara Municipal de Loures
Inauguração: A Ciclovia foi inaugurada no dia 23 de Julho de 2017.
Notas: No início, ainda na cidade de Sacavém, faz ligação directa à Ciclovia da Rua Estado da Índia.
 
Utilização/Use
 
Google Maps
 
Google Earth #
Página actualizada pela última vez em: 31.Agosto.2020
VOLTAR Esta página já foi visitada vezes, desde 31.Agosto.2020
2008- | ©ciclovia.pt #