RAMAL DO LENA Greenway
Ecopista do Ramal do Lena (RAMAL DO LENA Greenway)

BATALHA

(Brevemente)

Percurso de Porto de Mós (Bezerra)

O Caminho de Ferro Mineiro do Lena (Ramal do Lena) entrou em funcionamento em meados da década de 20, do século passado, com o objectivo de transportar o carvão das Minas da Bezerra e das Barrojeiras (Alcanadas) para a Fábrica de Cimentos de Maceira e para a Central Termoeléctrica de Porto de Mós. Ligava Martingaça (Linha do Oeste) à Bezerra, em Serro Ventoso, passando pela Batalha e Porto de Mós, com Ramais para a Cimenteira, para as Minas das Barrojeiras e para a Central Termoeléctrica. Em 1950 foi desactivado todo o serviço e desmantelada a linha.

O Ramal do Lena foi a única Linha de Caminhos de Ferro Mineira de Alta Montanha, existente em Portugal. De Porto de Mós à Bezerra, serpenteia a Serra da Pevide (Serra dos Candeeiros) com uma inclinação superior a 2%, tendo sido ainda necessário escavar um túnel (Túnel da Corredoura), actualmente dividido em dois.

Entretanto a Autarquia Portomosense investiu na reconversão do antigo caminho de ferro mineiro e transformou mais de 7 quilómetros de trilhos de montanha num Percurso Pedestre e Ciclável, a Ecopista de Porto de Mós.

Fonte: Jornal da Batalha
RAMAL DO LENA
PK (km) : ESTAÇÃO/Apeadeiro
00,000 : MARTINGAÇA
09,600 : Pinheiros-Calvaria
14,500 : BATALHA (E. Nova)
21,400 : PORTO DE MÓS
33,300 : Minas da Bezerra
 
VOLTAR
2008- | ©ciclovia.pt #