0,887km
MEIOS DE UTILIZAÇÃO PERMITIDOS E DISPONIBILIZADOS NESTA CICLOVIA

Regressar às Ciclovias da Marginal do Rio Pavia
 
CAMINHADA BICICLETA PATINS CADEIRA
DE RODAS
+ Nos corredores ciclopedonais do Parque Linear do Pavia, a sua utilização, como Percursos de lazer, deve realizar-se através dos seguintes modos suaves: passeios pedonais, passeios cicloturísticos, passeios em cadeira de rodas, passeios em patins e outros meios de mobilidade não motorizada.
 
VEÍCULOS
MOTORIZADOS
- Não é permitida a circulação de veículos motorizados.
 
RIO AÇUDES MOINHOS CMIA PARQUE JARDINS SOMBRA PONTOS DE
INTERESSE
PATRIMÓNIO
INDUSTRIAL
PARQUE
INFANTIL
ILUMINAÇÃO PAPELEIRAS ESTACIONAMENTO ZONA
COMERCIAL
ESTACIONAMENTO
+ O Parque Linear do Rio Pavia, que deu origem à Marginal do Rio Pavia, resulta de mais uma acção do Programa Polis Viseu, que desta vez direccionou a sua intervenção para a revitalização ambiental do rio e a requalificação das suas margens, “devolvendo o Rio Pavia à cidade”.

+ Esta infraestrutura ribeirinha, desenvolve-se entre outras duas, o Parque Urbano da Aguieira e o Parque Urbano da Radial de Santiago, numa extensão de 1150 metros lineares, incidindo sobre uma área de aproximadamente sete hectares, nas duas margens do rio.

+ Ao longo do Parque Linear, são diversas as valências disponibilizadas em ambas as margens, sendo que a Ciclovia se estende pela margem direita do rio.

+ Começando na zona Poente do Pavia, e próximo do Parque Urbano da Aguieira, vai encontrar os Açudes e os Moinhos da Balsa que, após a requalificação arquitectónica, são agora o CMIA – Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental de Viseu. Situado na margem esquerda do Rio Pavia, na zona da Balsa, pretende sensibilizar os diferentes tipos de públicos para a importância da preservação e valorização ambiental do território.

+ Pelo caminho vai encontrar diversos locais de sombra e contemplação, uma Mata ribeirinha, um Pomar de recreio com Parque Infantil e um espelho de água, entre outros.

+ Passando o Centro de Mobilidade e Transportes e, o Forum Viseu, vai deparar-se com mais uma intervenção de requalificação arquitectónica, desta vez na antiga Central Eléctrica da Ribeira, agora Museu da Electricidade. Aqui, na margem direita do rio, onde ainda há pouco tempo passava o Funicular de Viseu, produzia-se a energia eléctrica que iluminava a cidade de Viseu, desde 1909.

+ Mais à frente, e ainda na mesma margem, a actual Casa da Ribeira - também uma obra resultante da requalificação dos Moinhos do Rio Pavia - é um espaço evocativo da memória de Viseu, dedicado ao património etnográfico.

+ Existem suportes de estacionamento para bicicletas, pelo Parque fora, para além dos parques de estacionamento automóvel, iluminação pública, etc.

+ Boas Pedaladas!

 
VOLTAR
2008- | ©ciclovia.pt #