17,946 km
MEIOS DE UTILIZAÇÃO PERMITIDOS E DISPONIBILIZADOS NESTA CICLOVIA
Back to Route webpage
Regressar à página do Percurso da Póvoa de Varzim da Ecopista do Ramal de Famalicão
 
Caminhada/Caminante/PedestrianBicicleta/Bicycle
CAMINHADABICICLETA
+ No Percurso da Póvoa de Varzim, da Ecopista do Ramal de Famalicão, a sua utilização deve realizar-se através de modos suaves: a pé, de bicicleta e, outros meios de mobilidade não motorizada.
 
Interdito a Veículos Motorizados/Prohibited for Motorized VehiclesInterdito a Motos/Prohibited to MotorcyclesInterdito a Automóveis/Car interdictionInterdito a Veículos de Tração Animal/Ban on wagons
VEÍCULOS
MOTORIZADOS
MOTAS/
MOTORIZADAS
AUTOMÓVEISVEÍCULOS
T/ANIMAL
- Não é permitida a circulação de veículos motorizados nem de veículos de tração animal.
 
Praias AtlânticasPontos de InteresseMonumentosPatrimónio ReligiosoMonte de S. FélixAlbergue de PeregrinosEcomuseu de S. Pedro de RatesÁreas de Descanso e Contemplação
PRAIASPONTOS DE
INTERESSE
MONUMENTOSPATRIMÓNIO
RELIGIOSO
MIRADOUROALBERGUEMUSEUDESCANSO
PapeleirasIluminação PúblicaPainéis de InformaçãoZona RuralSuportes de Estacionamento para BicicletasParque de Estacionamento Automóvel
PAPELEIRASILUMINAÇÃOINFORMAÇÃOZONA
RURAL
ESTACIONAMENTO
BICICLETAS
ESTACIONAMENTO
AUTOMÓVEL
Nota: Na hora em que este texto está a ser escrito e publicado no site, as obras de requalificação do Percurso da Póvoa de Varzim, da Ecopista da Linha de Guimarães, ainda se encontram em execução. A Autarquia Local prevê a sua conclusão para o primeiro semestre de 2020. Por isso, alguns pormenores aqui descritos, podem não corresponder à realidade, ainda.

+ Este Percurso começa na cidade balnear da Póvoa de Varzim que se caracteriza pela extensa costa atlântica, repleta de excelentes praias de areia dourada. O Concelho tem uma costa de 12 quilómetros ininterruptos de praias, intercaladas por rochedos, que são as mais famosas da Costa Verde devido às suas águas ricas em iodo.

+ Pelo caminho vai encontrar muitos locais de descanso e contemplação. Se se atrasar e for surpreendido pelo anoitecer, não se preocupe, pois, todo o Percurso está equipado com iluminação pública.

+ Quanto mais avança em direcção a Balasar, mais se embrenha no meio rural e, são cada vez mais frequentes os campos agrícolas que envolvem o Percurso.

+ A poucos quilómetros do início, vai encontrar vários acessos à Ecopista que, ao mesmo tempo, lhe proporcionam um caminho alternativo em direcção ao Monte de S. Félix e respectivo Miradouro. Com 202 metros de altitude, o Monte ostenta a Capela de S. Félix, lá no alto e, 328 degraus mais abaixo, o Santuário da Senhora da Saúde.

+ Passe a antiga Estação CP de Laúndos e, logo a seguir, vai deparar-se com a secular Vila de S. Pedro de Rates. Faça uma pausa para a visitar. A Vila tem aquele que se tornou no primeiro Albergue de Peregrinos do Caminho Português de Santiago a abrir em Portugal, pois, por aqui passava uma antiga Via Romana. Pode, também, fazer a rota do Ecomuseu de S. Pedro de Rates que tem como ex-líbris a Igreja Românica de Rates, um dos mais importantes monumentos românicos medievais no então emergente reino de Portugal, agora classificada como Monumento Nacional.

+ Depois disto vai ainda atravessar mais duas localidades, Fontaínhas e Balasar, que se aproximam já da raia do Concelho Poveiro.

+ Pelo caminho são vários os edifícios, sinais e outras memórias do património ferroviário da antiga Linha do Ramal de Famalicão que, também, sofreram com o abandono do caminho de ferro. No entanto, a Autarquia Local desenvolveu esforços para recuperação integral das antigas infraestruturas das Estações de Fontaínhas e Rates e, que estão a ser transformadas em polos de apoio aos utilizadores da Ecopista e, por conseguinte, aos Peregrinos de Santiago.

+ Ao longo de toda a Ecopista irá deparar-se com numerosos sinais rodoviários e outros, bem como painéis informativos, que o situam devidamente e lhe oferecem várias opções de caminho.

+ Boas Pedaladas!

 
VOLTAR
2008- | ©ciclovia.pt #